Intervenção Escolar para Melhorar a Qualidade Alimentar dos Lanches da Manhã: Um Protocolo de Estudo

School-based Intervention to Improve Dietary Quality of Mid-Morning Snacks: A Study Protocol

Duarte Vidinha, Tânia Parece, Fábio Sousa, Ana Granadeiro, Filipa Maciel, Natália Macedo, Sílvia Guerreiro, Maria Goulart, Patrícia Ferreira, Maria Clemente, Clara Medeiros, Raquel Vieira, Sofia Vilela e Ana Raquel Marinho

Acta Portuguesa de Nutrição 2023, 34, 06-11 , https://dx.doi.org/10.21011/apn.2023.3402

Visualizações: 232 | Downloads PDF: 86


Download PDF See metadata Add to Mendeley Cite

Resumo

A escola tem sido considerada um local privilegiado para a aquisição de hábitos alimentares saudáveis. Atualmente, em Portugal, não existe legislação obrigatória referente ao lanche da manhã realizado na escola, possibilitando que as crianças consumam qualquer tipo de alimento trazido de casa. Este estudo tem como objetivo avaliar os efeitos de um programa de educação alimentar na qualidade alimentar e nutricional dos lanches da manhã em crianças da ilha de São Miguel, Açores.

O protocolo descreve o desenho de um estudo quase-experimental que irá incluir crianças do segundo ano de escolaridade. A intervenção envolverá as crianças, a escola e as suas famílias, e consiste em dois eixos principais: i) inclusão da educação alimentar no currículo escolar, através da leitura de um livro de histórias; e ii) avaliações qualitativas dos lanches da manhã durante a intervenção. A avaliação da qualidade alimentar dos lanches será realizada utilizando um semáforo nutricional. A avaliação da qualidade nutricional será realizada através de uma base de dados eletrónica, que incluiu a Tabela Portuguesa de Composição dos Alimentos. A recolha de dados será realizada nos momentos pré- e pós-intervenção.

Espera-se que a implementação deste programa de educação alimentar possibilite a melhoria das escolhas alimentares das crianças no lanche da manhã, em resposta a uma intervenção que envolverá as crianças, os seus pais e professores. Em última instância, espera-se que os resultados possam contribuir para a definição de futuras políticas alimentares e nutricionais, em contexto escolar, a curto e longo prazo.


Abstract

Schools appear to be a key place to develop healthy eating habits. Currently in Portugal there is no mandatory legislation regarding school mid-morning snacks, allowing the children to bring all types of foods from home. This study aims to assess the effects of a school-based intervention in the dietary and nutritional quality of mid-morning snacks among children of São Miguel Island, Azores.


The protocol describes the design of a quasi-experimental study that will include children attending second grade. The intervention involves children, school and family and will consist of two main components: i) a dietary education component through a storybook; and ii) dietary evaluations of mid-morning snacks brought from home during the intervention. The effects will be evaluated through assessment of the dietary quality of mid-morning snacks converted into a nutritional traffic-light label. To measure children’s nutrient intake an electronic database, including the Portuguese Food Composition Table will be used. Data on mid-morning snacks foods will be collected pre- and post-intervention.


Through the implementation of this school-based intervention that involves children, their parents and teachers we expect to improve children’s food choices in mid-morning snacks. Ultimately, it is expected that these findings will contribute to the short- and long-term development of future dietary interventions in schools.



Palavras-chave: Childhood, Dietary education, Eating habits, Educação alimentar, Hábitos alimentares, Infância, Lanche da manhã, Mid-Morning snack