Adolescente e Obesidade: considerações sobre a importância da educação alimentar

Goreti Botelho e Jorge Lameiras

Acta Portuguesa de Nutrição 2019, 15, 30-35 , https://dx.doi.org/10.21011/apn.2018.1506

Visualizações: 32 | Downloads PDF: 2


Download PDF See metadata Add to Mendeley Cite

Resumo

O período da adolescência apresenta enormes desafios. As escolhas alimentares, muitas vezes, afastam-se do conceito da alimentação saudável, situação agravada por contextos socioeconómicos ou culturais desfavoráveis. A prevalência relevante de obesidade em adolescentes é uma realidade. O consumo de fast food tem vindo a ser relacionada com essa prevalência e com o afastamento do consumo de alimentos saudáveis, como os produtos hortofrutícolas. A educação alimentar e nutricional, realizada de forma sistemática, em diversos contextos como a escola, é uma estratégia importante para apoiar os adolescentes a tomar decisões que garantam a manutenção da sua saúde no presente e no futuro. O presente trabalho de revisão tem como objetivo estabelecer uma interligação crítica e reflexiva entre a nutrição e o papel da educação alimentar, sobretudo num contexto escolar, centrada no adolescente.



Palavras-chave: Adolescentes, Educação alimentar, Escola, Obesidade,  Fast food