Desenvolvimento de uma versão portuguesa do Nutritional Risk Screening – NRS 2002

Teresa F Amaral, Luís Matos, Maria da Graça Ferro, Luiza Kent-Smith, Filomena Gomes, Susana Couto Irving, Ana Paula Alves, Rita Brotas Carvalho, Maria Amélia Teixeira e Nuno Borges

Acta Portuguesa de Nutrição 2020, 20, 44-47 , https://dx.doi.org/10.21011/apn.2020.2008

Visualizações: 63 | Downloads PDF: 23


Download PDF See metadata Add to Mendeley Cite

Resumo

O Nutritional Risk Screening (NRS 2002) é um instrumento que foi desenvolvido pela Danish Society for Parenteral and Enteral Nutrition. Trata-se de um sistema válido que permite detetar a presença do risco de desnutrição ou de desnutrição em indivíduos hospitalizados e que é aplicado pelos profissionais de saúde. Procedeu-se ao desenvolvimento de uma versão para a língua Portuguesa do NRS 2002 com equivalência linguística e cultural ao original, recorrendo à metodologia proposta pela Organização Mundial da Saúde “Processo de tradução e de adaptação de instrumentos”. Realizou-se uma tradução avançada e a retrotradução, através das seguintes etapas: tradução (1.ª etapa), retrotradução efetuada por um ou mais especialistas (2.ª etapa), pré-teste (3.ª etapa) e preparação da versão final (4.ª etapa). Este artigo tem como objetivo divulgar este processo e também a versão Portuguesa do NRS 2002.



Palavras-chave: Desnutrição, NRS 2002, Rastreio, Risco nutricional, Versão portuguesa