Cultura de segurança dos alimentos: conceito e elementos para a prática dos profissionais que atuam em empresas do setor alimentar

Food safety culture: concept and elements for the practice of professionals working in food companies

Júlia Bregolin, Laís Zanin, Elke Stedefeldt e Janaína Venzke

Acta Portuguesa de Nutrição 2021, 26, 38-44 , https://dx.doi.org/10.21011/apn.2021.2606

Visualizações: 68 | Downloads PDF: 27


Download PDF See metadata Add to Mendeley Cite

Resumo

As doenças de origem alimentar são preocupações mundiais de saúde pública e as suas causas possuem relação direta com processos inadequados de boas práticas de higiene. O fortalecimento do conceito da cultura de segurança dos alimentos e a modificação positiva da cultura de uma determinada empresa do setor alimentar estão relacionadas com a possibilidade de diminuição do risco de doenças de origem alimentar. O objetivo do estudo foi identificar, por meio de uma revisão narrativa, o conceito e os elementos da cultura de segurança dos alimentos e aproximar o tema à prática profissional dos responsáveis que atuam em empresas do setor alimentar. A cultura de segurança dos alimentos é o conjunto de atitudes, valores e crenças aprendidas e partilhadas, que contribuem para os comportamentos de higiene num ambiente de preparação e distribuição de alimentos. Os seus principais elementos são: sistemas de gestão, liderança, comunicação, compromisso, ambiente e perceção de risco.

 

 


Abstract





Foodborne diseases are a global public health concern and the causes are directly related to inappropriate food-handling practices. The understanding of food safety culture concept and the positive culture modification of a given food service are related to the possibility of reducing the risk of foodborne diseases. The purpose of this study was to present through a narrative review the concept and elements of food safety culture and to approach the theme to the professional practice of people who are responsible for food services. Food safety culture is the aggregation of learned and shared attitudes, values and beliefs contributing to the hygiene behaviors in a particular food-handling environment. Its main elements are management systems, leadership, communication, commitment, environment, and risk perception.








Palavras-chave: Ambiente de Trabalho, Comunicação, Inocuidade dos alimentos, Liderança, Nutrição, Serviços de alimentação