Galactooligossacarídeos: existem efeitos na microbiota humana?

Galactooligosaccharides: are there effects on the human microbiota?

Francisca Costa, Ana Brito, Mariana Pereira, Matilde Martins e Ana Lúcia Baltazar

Acta Portuguesa de Nutrição 2022, 31, 84-89 , https://dx.doi.org/10.21011/apn.2022.3114

Visualizações: 760 | Downloads PDF: 88


Download PDF See metadata Add to Mendeley Cite

Resumo

Galactooligossacarídeos são denominados “prebióticos”, uma vez que são hidratos de carbono não digeríveis que conferem diversos benefícios para a saúde do hospedeiro, entre eles, a modulação da microbiota intestinal. Podem ser ingeridos naturalmente pelo consumo de alimentos que os contém na sua composição, pelo consumo de alimentos enriquecidos nos mesmos ou por meio de suplementação. Foi efetuada uma revisão de literatura, com pesquisa nas bases de dados Pubmed, Google Académico e Science Direct, com as palavras-chave “galacto-oligosaccharides’’ AND “effects’’ AND “microbiota’’ AND ‘’health’’, entre 2017 e 2022, com o objetivo de compreender de que forma a ingestão de Galactooligossacarídeos pode influenciar a microbiota intestinal humana. Os resultados da maioria dos artigos evidenciaram correlação positiva entre o consumo de Galactooligossacarídeos, quer proveniente da alimentação, ou suplementação, com a modulação benéfica da microbiota intestinal, aumentando o número de bactérias benéficas e reduzindo as prejudiciais, em qualquer faixa etária. Assim, a adoção de uma dieta enriquecida em Galactooligossacarídeos poderá ser uma estratégia eficaz em situações de disbiose, atuando de forma preventiva e benéfica na melhoria da microbiota intestinal.


Abstract





Galactooligosaccharides are called “prebiotics”, since they are non-digestible carbohydrates that confer several benefits to the health of the host, including the modulation of the intestinal microbiota. They can be ingested naturally by consuming foods that contain them in their composition, by consuming foods enriched in them or through supplementation. A literature review was carried out, with a search in the Pubmed, Google Scholar and Science Direct databases, with the keywords ''galacto-oligosaccharides' AND "effects" AND "microbiota" AND ''health'', between 2017 and 2022, with the aim of understanding how the ingestion of Galactooligosaccharides can influence the human intestinal microbiota. The results of most articles showed a positive correlation between the consumption of Galactooligosaccharides, whether from food or supplementation, with the beneficial modulation of the intestinal microbiota, increasing the number of beneficial bacteria and reducing the harmful ones, in any age group. Thus, the adoption of a diet enriched in Galactooligosaccharides could be an effective strategy in situations of dysbiosis, acting in a preventive and beneficial way in the improvement of the intestinal microbiota.








Palavras-chave: Efeitos, Effects, Galacto-oligosaccharides, Galactooligossacarídeos, Health, Microbiota, Saúde