Determinantes nas Preferências Alimentares e Seletividade Alimentar em Crianças

Determinants of Food Preferences and Food Selectivity in Children

Marisa Martins Gerardo e Tamires Pavei Macan

Acta Portuguesa de Nutrição 2022, 31, 62-66 , https://dx.doi.org/10.21011/apn.2022.3110

Visualizações: 917 | Downloads PDF: 182


Download PDF See metadata Add to Mendeley Cite

Resumo

A presente revisão narrativa procurou determinar os principais fatores influenciadores das preferências e escolhas alimentares, bem como do desenvolvimento de seletividade alimentar, durante a infância. Assim, foram descritos possíveis determinantes presentes desde a preconceção até ao fim da introdução alimentar, período este caracterizado como o mais influente no desenvolvimento destas preferências. Os principais fatores responsáveis pelo desenvolvimento das preferências alimentares e da seletividade alimentar nas crianças mencionados nesta revisão foram: os fatores biológicos; a introdução alimentar; as práticas parentais; os fatores psicológicos, sociais, culturais e económicos e a influência do marketing. A intervenção nestes determinantes funde-se com a prevenção de maus hábitos alimentares e também com a promoção da saúde em todo o ciclo de vida.

 

 


Abstract




This narrative review aimed to determine the main factors influencing food preferences and choices, as well as the development of food selectivity, during childhood. Possible determinants presente from preconception to the end of food introduction were described, a period characterized as the most influential in the development of these preferences. The main factors responsible for the development of food preferences and food selectivity in children mentioned in this paper were: biological factors; the food introduction; parenting practices; psychological, social, cultural and economic factors and the influence of marketing. Intervention in these determinants merges with the prevention of bad eating habits and also with the promotion of health throughout the life cycle.




 




 





Palavras-chave: Children, Crianças, Food introduction, Food preferences, Food selectivity, Innate preferences, Introdução alimentar, Preferências alimentares, Preferências inatas, Seletividade alimentar