Intervenções nutricionais na fragilidade em idosos: revisão narrativa da evidência atual

Nutritional interventions in frailty in older adults: a narrative review on the current evidence

Catarina Vieira, Rita S Guerra e Ana S Sousa

Acta Portuguesa de Nutrição 2023, 35, 30-34 , https://dx.doi.org/10.21011/apn.2023.3506

Visualizações: 134 | Downloads PDF: 39


Download PDF See metadata Add to Mendeley Cite

Resumo

Nos últimos anos tem-se verificado o aumento da população idosa e da fragilidade. Apesar de não existir uma definição universal de fragilidade, a mais usada é o Fenótipo de Fragilidade definido por Fried et al. (2001). Hábitos alimentares desequilibrados e/ou um estado nutricional desadequado são fatores de risco modificáveis para a fragilidade.

O objetivo desta revisão literária é analisar o papel da nutrição na prevenção e no tratamento da fragilidade em idosos a viver na comunidade, institucionalizados e hospitalizados.

Conclui-se que, em individuos inseridos na comunidade, educação alimentar, a fortificação alimentar, a suplementação e intervenção multidisciplinar são estratégias importantes para a prevenção e o tratamento da fragilidade. No que diz respeito a idosos institucionalizados, intervenção que inclua suplementação proteico-energética, vitamina D, cálcio e fibra contribui para melhorar o estado nutricional e a capacidade física. Em meio hospitalar, a estratégia mais eficaz é a intervenção individualizada tendo em consideração os alimentos preferidos das pessoas, snacks e suplementos alimentares ou alimentos enriquecidos em proteina, além da nutrição artificial. Serão necessários mais estudos para estabelecer recomendações específicas para a intervenção nutricional na fragilidade em pessoas idosas.


Abstract

In recent years there has been an increase in elderly population and frailty. Although there is no universal definition of frailty, the most used is the frailty phenotype defined by Fried et al. (2001). Unbalanced eating habits and/or an inadequate nutritional status are modifiable risk factors for frailty.


The aim of this literature review is to analyse the role of nutrition in frailty’s treatment in community-dwelling, institutionalized and hospitalized older adults.


Regardless the setting, educational strategies, food fortification, supplementation, multidisciplinary and individualized interventions are important and effective strategies for frailty’s treatment.


In community-dwelling older adults, multifactorial interventions that combine nutritional education and supplementation seem to be effective in treating frailty. In institutionalized older adults, multifactorial intervention that include protein-energy, vitamin D, calcium and fiber and physical exercise improves nutritional status and also physical capacity.


In hospital setting, the most effective strategy is an individualized approach regarding patients’ favourite foods, additional snacks, the use of oral nutritional supplements or use protein-enriched foods and artificial nutrition when necessary. Further studies are needed in order to establish specific recommendations for the intervention in the prevention and treatment of frailty in older adults.



Palavras-chave: Fragilidade, Frailty, Idosos, Intervenções nutricionais, Nutritional interventions, Older adults, Tratamento, Treatment