Consumo de suplementos alimentares por frequentadores de uma academia de Volta Redonda, Brasil

Consumption of food supplement by bodybuilding in Volta Redonda, Brazil

Tatiana da Silva Martins e Elton Bicalho de Souza

Acta Portuguesa de Nutrição 2022, 30, 36-39 , https://dx.doi.org/10.21011/apn.2022.3006

Visualizações: 795 | Downloads PDF: 78


Download PDF See metadata Add to Mendeley Cite

Resumo

O consumo de suplementos alimentares por desportistas vem aumentando no decorrer dos anos, tornando essa prática comum em academias. O presente estudo teve como objetivo verificar a prevalência do consumo de suplementos por frequentadores de uma academia da cidade de Volta Redonda – RJ. Estudo transversal, realizado no período de maio a julho de 2021, por meio de aplicação de um questionário. Ao total foram avaliados 151 participantes, onde a maioria eram mulheres que realizavam exercício por motivo estético. A maioria (n = 114) utiliza ou já utilizou algum suplemento alimentar, sendo o mais reportado o Whey Protein (n = 100). Foram encontradas associações entre utilização de suplemento e sexo, estado civil, renda, ocupação, preocupação com alimentação e número de refeições consumidas. Acerca da efetividade, foi encontrada forte correlação entre objetivos alcançados e prescrição por nutricionista, bem como ausência de efeitos colaterais e prescrição por nutricionista. Conclui-se que houve elevada prevalência de utilização de suplementos alimentares, principalmente para quem objetiva resultados estéticos.


Abstract




The consumption of food supplement by exercises has increased over the years, making this practice common in gyms. This study aimed to verify the prevalence of consumption of supplement by practicing physical exercises of a gym in Volta Redonda - Brazil. Cross-sectional study, carried out from 2021 May to July, through the application of a questionnaire. A total of 151 participants were evaluated, most of whom were women who performed exercise for aesthetic outcomes. Most (n = 114) use or have used some nutritional ergogenic, the most reported being Whey Protein (n = 100). Associations were found with sex, marital status, income, occupation, concern with food and number of meals consumed. Regarding effectiveness, a strong correlation was found between goals achieved and prescription by a nutritionist, as well as the absence of side effects and prescription by a nutritionist. It’s concluded that there was a high prevalence of use of food supplement, especially for those aiming for aesthetic outcomes.







Palavras-chave: Ciências da nutrição e do esporte, Dietary supplements, Performance-Enhancing substances, Sports Nutritional Sciences, Substância ergogênica, Suplementos nutricionais