Alimentação e nutrição como parte do conceito de dor total em cuidados paliativos

Food and nutrition as part of the total pain concept in palliative care

Cíntia Pinho-Reis, Fátima Pinho e Ana Maria Reis

Acta Portuguesa de Nutrição 2022, 28, 52-58 , https://dx.doi.org/10.21011/apn.2022.2810

Visualizações: 2162 | Downloads PDF: 211


Download PDF See metadata Add to Mendeley Cite

Resumo

A dor total é um conceito essencial em cuidados paliativos tal como a alimentação e a nutrição. Durante a progressão da doença, a alimentação e nutrição dos doentes torna-se frequentemente muito alterada, sendo que os doentes se confrontam com inúmeras perdas relacionadas com o processo de alimentação. Estas perdas poderão ir desde a incapacidade de saborear, deglutir, mastigar, digerir e absorver os nutrientes adequadamente até à perda da capacidade de se alimentar autonomamente, de utilizar os talheres e utilizar a via oral, podendo culminar em depressão e isolamento social. Muitos doentes em cuidados paliativos apresentam também sintomas relacionados com a alimentação, perda de peso involuntária e recusa alimentar. Maioritariamente na fase de fim de vida poderão emergir questões espirituais relacionadas com a alimentação e a nutrição. Todas estas situações interferem com o quotidiano da vida familiar e também com o conforto e a qualidade de vida dos doentes, afetando-os enquanto seres humanos em todas as suas dimensões - física, psicológica, social, e espiritual – e contribuindo para a dor total dos doentes.

 

 

 


Abstract








Total pain is an essential concept in palliative care and so it is food and nutrition. During the disease progression, patients’ food and nutrition become very often altered and patients are faced with many losses related to the feeding process. These losses can range from the incapacity to taste, swallow, chew, digest and absorb nutrients properly to the loss of the patient’s ability to eat with autonomy, to manage cutlery and to use the oral route which may culminate in depression and social isolation. Many palliative care patients also present eating-related symptoms, involuntary weight loss, and food refusal. Mostly in the end-of-life phase spiritual issues related to food and nutrition may also emerge. All these issues interfere with daily family life and with patients’ comfort and quality of life affecting all the patients’ human being dimensions - physical, psychological, social, and spiritual – and contributing to patients’ total pain.











Palavras-chave: End of life, Feeding, Nutrition, Palliative care, Total pain