Tradução e adaptação transcultural do Índice KIDMED em adolescentes portugueses

Translation and Cross-cultural adaptation of the KIDMED Index in Portuguese adolescents

Mariana Rei, Sara Rodrigues e Sofia Marques da Silva

Acta Portuguesa de Nutrição 2022, 28, 06-13 , https://dx.doi.org/10.21011/apn.2022.2802

Visualizações: 227 | Downloads PDF: 68


Download PDF See metadata Add to Mendeley Cite

Resumo

O Índice KIDMED, um índice alimentar frequentemente utilizado para avaliar a adesão ao Padrão Alimentar Mediterrânico em crianças e adolescentes, não foi previamente traduzido e adaptado transculturalmente em Portugal. Portanto, após a obtenção da versão portuguesa do Índice KIDMED (decorrente de um processo de tradução e retro tradução), em novembro de 2019, procedeu-se à adaptação transcultural da mesma com a participação de 33 adolescentes, através da aplicação direta do Índice KIDMED seguida de entrevistas semiestruturadas. Perante toda a informação recolhida e analisada procedeu-se à adaptação de algumas questões do Índice KIDMED que suscitaram problemas de compreensão e interpretação por parte dos/as adolescentes. Essas alterações foram revistas e validadas por um painel de especialistas. No final do estudo, foi possível obter uma versão do Índice KIDMED traduzida e adaptada à população-alvo a que se destina, sem descurar o rigor técnico dos conceitos que caracterizam o Padrão Alimentar Mediterrânico.


Abstract










The KIDMED Index, a dietary index frequently used to assess adherence to the Mediterranean Dietary Pattern in children and adolescents, was not previously translated and cross-culturally adapted in Portugal. Therefore, after obtaining the Portuguese version of the KIDMED Index (resulting from a process of translation and back translation), in November 2019, the instrument was cross-culturally adapted with the participation of 33 adolescents, through the direct application of the KIDMED Index followed by semi-structured interviews. In view of all the information collected and analyzed, the questions of the KIDMED Index that caused problems of understanding and interpretation, were then reviewed and adapted in accordance. These changes were reviewed and validated by a panel of experts. At the end, it was possible to obtain a version of the KIDMED Index translated and adapted to the target population for which it is intended, without neglecting the technical rigor of the concepts that characterize Mediterranean Dietary Pattern.













Palavras-chave: Adaptação Transcultural, Adolescentes, Dieta Mediterrânica, Índice KIDMED, Padrão Alimentar Mediterrânico, Tradução