Fatores genéticos, epigenómicos, metagenómicos e cronobiológicos da Obesidade

Vanessa Pereira, Carina Rodrigues e Filipa Cortez

Acta Portuguesa de Nutrição 2019, 17, 22-26 , https://dx.doi.org/10.21011/apn.2019.1704

Visualizações: 70 | Downloads PDF: 3


Download PDF See metadata Add to Mendeley Cite

Resumo

A obesidade é uma doença multifatorial, para a qual contribuem múltiplos fatores genéticos (poligénica) e ambientais. É conhecido o seu papel como fator de risco para a diabetes Mellitus tipo 2, doenças cardiovasculares, doenças respiratórias e certos tipos de cancro. O desenvolvimento tecnológico a que se assistiu nas últimas décadas permitiu ampliar em grande medida o nosso conhecimento sobre os mecanismos moleculares e celulares associados à sua fisiopatologia. Entre as “novas ciências” que emergiram, destaca-se a genómica nutricional, uma nova área de estudo que revela o papel do património genético individual e da interação gene-nutrimento no desenvolvimento da doença. Este artigo pretende apresentar uma revisão das novas abordagens no estudo da obesidade e discutir a importância desta temática na prevenção e tratamento da doença. O conhecimento da variabilidade interindividual no perfil genético, epigenómico, metagenómico e cronobiológico da obesidade permitirá o desenvolvimento de melhores ferramentas de diagnóstico e de tratamento da obesidade.



Palavras-chave: Cronobiologia, Genómica nutricional, Metagenómica, Nutrição, Obesidade